<![CDATA[Chegar a bom Porto - Recantos do Porto]]>Wed, 16 Dec 2015 16:58:22 -0800Weebly<![CDATA[O Vicio do Café]]>Fri, 12 Jun 2015 11:00:27 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/o-vicio-do-cafeImagem
     Na rua Passos Manuel há um café que nos chama a atenção não só pelo nome - "O Vicio do Café" - mas pelas cores quentes e aconchegantes do espaço. É uma decoração diferente e, de certa forma, refrescante, que sai dos padrões normais de um café.

     É o espaço ideal para todos devido às duas salas separadas para fumadores e não fumadores e a oferta também não desaponta. Há uma enorme variedade de cafés, gelados, batidos, salgados, hambúrgueres e mais, a preços bastante acessíveis.

    Eu estive lá num dia de calor abrasador, farta de beber água e quando vi a lista de batidos não hesitei em pedir um de morango. E sabem que mais? Estava incrível e foi a melhor coisa que eu podia ter pedido naquele momento!

     
      Além da oferta, o atendimento também é muito bom. Os funcionários são bastante simpáticos e claro que isso ainda dá mais vontade de ficar por lá durante algum tempo a descontrair ou, no meu caso, a ganhar coragem para enfrentar a onda de calor que estava lá fora.

       Espero que passem por lá um dia destes. Está aberto todos os dias, por isso não há desculpa para não irem! 


]]>
<![CDATA[alfarrabista.eu]]>Mon, 08 Jun 2015 16:43:02 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/alfarrabistaeuPicture
      Situada na Rua do Bom Jardim, há uma pequena montra com um ar antigo que, aos olhos dos mais distraídos, talvez passe despercebida. É pequena sim, mas naquela loja moram centenas de livros, centenas de histórias ainda por ler. Sabem de que é que estou a falar? Do alfarrabista.eu.

     Está ali desde 1968, e agora - mais de 40 anos depois - continua na mesma rua. Atualmente, é dirigida pelos filhos do senhor José Soares, o alfarrabista que a abriu há tantos anos atrás. Os filhos - que partilham a mesma paixão por livros usados, antigos e raros - decidiram continuar o trabalho do pai e essa paixão nota-se na simpatia com que nos atendem e na maneira como falam da loja.

      No entanto, não pensem no alfarrabista.eu como uma loja que vende apenas livros antigos. Tem também opções mais atuais, livros escolares, banda desenhada, romances de bolso, postais antigos e pequenos artigos para oferecer, como as pitorescas garrafas com mensagens, que me chamaram tanto a atenção que não resisti a comprar uma.

      Como diz no próprio site, a loja não é grande mas conseguimos perder-nos por lá durante horas. É um mundo diferente, um mundo que precisa de ser descoberto. E é por isso mesmo que aconselho toda a gente a perder-se por lá, nem que seja durante um bocadinho. Se procuram uma prenda especial, porque não oferecer um livro que conte a história de por onde andou?

       Visitem, é um lugar verdadeiramente especial!


]]>
<![CDATA[Mercado Porto Belo]]>Wed, 03 Jun 2015 12:51:17 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/mercado-porto-beloPicture
Antes de começarem a ler, carreguem neste link. Quando a música começar, o cenário imaginário está montado e já estão prontos para ler a review.

     O Mercado Porto Belo é um daqueles mercados ao ar livre, a que toda a gente deve experimentar ir. Mesmo que não comprem nada, o ambiente vale totalmente a pena!

      Situado na Praça Carlos Alberto, a "feirinha" realiza-se todos os sábados de cada mês e tem um pouco de tudo: roupas, bijuteria, óculos de sol, produtos artesanais, livros, vinis, ilustrações, peças de design, produtos biológicos e muito mais. A oferta é tanta que até uma banca de caipirinhas e bebidas do género tem! E devo dizer que, no sábado passado, com o calor que estava, tinha uma afluência de turistas incrível...

     Apesar de todos os produtos, o que distingue verdadeiramente o Mercado Porto Belo dos outros é o ambiente. A música dos anos 50 que tocava no ar, as pitorescas cadeiras vermelhas para uma pessoa poder descansar e a simpatia de quem estava a vender, fazem deste mercado um dos melhores onde já fui.

      Um pormenor que me chamou a atenção (e a toda a gente que lá passava) era um senhor de idade que, mesmo debaixo do calor intenso que estava, dançou durante mais de meia hora sem parar, sem se importar com o que as pessoas pensavam. E o mais interessante era quando os turistas, livres de preocupações, se juntavam a ele e davam um pequeno espetáculo, que toda a gente aplaudia no final. Só este pequeno exemplo ilustra bem o apelo do mercado.

      No próximo sábado aproveitem o sol e passem por lá. A "feirinha" começa às 11h e só termina às 19h. Deixem-se contagiar pelo ambiente e se virem alguém a dançar, juntem-se também! 


]]>
<![CDATA[Galerias Lumière]]>Fri, 29 May 2015 10:47:43 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/galerias-lumierePicture
    É na rua José Falcão que se localizam as Galerias Lumière. É provável que o nome vos remeta para a ideia de arte e exposições, no entanto, não tem nada a ver com isso. As Galerias Lumière são uma espécie de centro comercial, onde a oferta gastronómica abunda.

    Antigamente este espaço era ocupado por salas de cinema (talvez seja daí que vem o nome) mas foi revitalizado e agora é uma espécie de oásis alimentar, que oferece desde sushi, sandes e empadas até crepes, gelados artesanais, cupcakes e croissants. Eu mal entrei fui logo envolvida pelo familiar cheiro a croissants acabadinhos de fazer da Tête à Croissant e fui "obrigada" a provar um. E sabem que mais? Estava delicioso!

      Para além destas lojas, as Galerias têm também a Poetria, uma livraria especialmente voltada para a poesia e o teatro, e ainda uma florista, lojas de decoração, pop-up stores e lojas de produtos com design português.

     Mas não pensem que são só lojas! Este espaço também proporciona serões culturais com música, cinema, discussões sobre temas relevantes da atualidade e workshops. Aliás, ainda no passado dia 22 foi realizado um workshop sobre como fazer massa caseira.

         Se estiverem pelo Porto no próximo fim-de-semana, aproveitem para dar uma espreitadela!


]]>
<![CDATA[Xis Ideias]]>Mon, 25 May 2015 11:50:29 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/xis-ideiasPicture
     Desta vez dirijo-me a um público mais artístico, pois a loja em questão assim o exige. Estou a falar da Xis Ideias, uma pequena loja na Praça Carlos Alberto, dedicada às artes manuais decorativas e outros trabalhos do género, onde se podem encontrar todo o tipo de produtos para pintura e outros materiais para serem utilizados no barro, madeira, guardanapos, etc.

      Por outro lado, a Xis Ideias é também uma espécie de gift shop, com peças feitas à mão que demonstram que o que é nacional também tem qualidade. Tem o típico galo de Barcelos, os porta-moedas de renda, as caixinhas de madeira pintadas, pequenas figuras decorativas em madeira, figuras de gesso, andorinhas em barro e muito mais...

      É uma loja pequena mas com muita personalidade, onde podemos comprar uma pequena lembrança para fazer uma surpresa a alguém. Aproveitem!


]]>
<![CDATA[Centro Comercial Bombarda]]>Wed, 20 May 2015 11:35:59 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/centro-comercial-bombardaImagem(Imagem retirada da Internet)
    O Centro Comercial Bombarda não é um centro comercial qualquer, não se deixem enganar pelo nome. "É um centro comercial mas não é um 'shopping'". Situado numa das ruas com mais galerias de arte e lojas alternativas, o CCB - como é vulgarmente conhecido - abriu em 2007 e sobressai pela sua individualidade.

     É um espaço moderno que conjuga, sem grandes esforços, galerias de arte com lojas de decoração, design, acessórios, mobiliário e arquitetura e tem até cabeleireiros, oculistas e restaurantes, sendo o local perfeito para um passeio e almoço de fim-de-semana, mesmo para aqueles que estão sempre a contar as moedinhas da carteira.

      Além disto, outra prova que demonstra que realmente o CCB não é o típico shopping, é o facto de este contar com uma esplanada interior onde podemos relaxar e tomar um bom café, uma horta urbana sustentável e de existirem pequenas bancas de produtos regionais espalhadas pelo espaço (pelo menos ao fim-de-semana). Enquanto andamos pelo mesmo e vamos apreciando as lojas, é quase impossível resistir a comprar uma fatia de bolo de chocolate ou um bolinho de bacalhau...

      Fica aqui a sugestão para visitarem se estiverem interessados em espaços comerciais mais alternativos não só em termos de conceito mas sobretudo em termos de oferta e se quiserem fugir um bocadinho à rotina dos shoppings "normais". 


]]>
<![CDATA[Mercado 48]]>Mon, 04 May 2015 16:11:30 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/mercado-48Imagem
     É uma concept shop de design vintage e contemporâneo. É uma galeria. É palco de concertos. É o Mercado 48. Situado na Rua da Conceição, é impossível passar pela sua montra e não ter vontade de entrar. É um espaço harmonioso com uma mistura do rústico e tradicional com o contemporâneo, fruto da colaboração entre dois amigos: um designer e um restaurador.

     A loja tem uma oferta de produtos incrivelmente variada que vai desde motas e bicicletas restauradas, vestuário mais alternativo, objetos decorativos, vinhos e produtos gourmet, até quadros e candeeiros, tudo envolto num estilo muito próprio que promove a portugalidade.

     O espaço transmite-nos uma aura caseira e descontraída e os sofás no meio da loja, bem como a simpatia dos donos, dão-nos vontade de relaxar e comer um bocadinho de Pão de Ló de Ovar antes de continuar a explorar o resto da loja.

    Além disto, o Mercado 48 tem também uma função de galeria onde se apresentam exposições e se realizam workshops e concertos. Aliás, já no próximo dia 9 irão apresentar mais um concerto, que está neste momento envolto em segredo. Para saberem mais vão mesmo ter de ir e de certeza que não se vão arrepender!

]]>
<![CDATA[The Traveller Caffé]]>Fri, 24 Apr 2015 11:43:00 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/the-traveller-caffeImagem
     Mesmo ao lado do Coliseu do Porto existe o The Traveller Caffé, que nos chama a atenção não só pelo nome mas pela montra coberta de frases que incentivam a viajar e a sermos nós próprios turistas.              

   Se olharmos para dentro, percebemos logo que esta Coffee House & Juice Bar não é o típico café. É a combinação perfeita entre o rústico e o moderno e, tanto pelas frases espalhadas pelo espaço, como pelo relógio por cima do balcão ou pelos quadros que decoram a parede, sentimo-nos inspirados e tentados a viajar e a explorar novos lugares.

     Além da decoração diferente, pois até existe um pequeno caderno onde quem visita o café pode escrever e deixar a sua marca, o The Traveller Caffé tem também uma oferta de produtos menos usual. Podemos pedir cafés, smoothies, batidos, frappés (que eu aconselho vivamente!) e uma variedade de pastelaria. Se quisermos, podemos até visitar o espaço não para lanchar, mas pelo delicioso brunch que servem e que conta com pizzas artesanais, sandes, saladas e muito mais.

      O The Traveller Caffé destaca-se não só pelo espaço e pela oferta mas também pela simpatia de quem nos serve. Eu adorei e vou voltar e aconselho-vos a serem também turistas na vossa cidade e a deliciarem-se com um batido fresquinho, enquanto apanham sol na esplanada e apreciam o movimento da rua.


]]>
<![CDATA[Projeto Locomotiva]]>Mon, 20 Apr 2015 17:10:14 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/projeto-locomotivaPicture
     Sabem onde é a rua da Madeira? Aquela rua escura e comprida ao lado da Estação de São Bento, onde costumavam parar os carros? Quer dizer, agora já não é escura nem tem carros, muito pelo contrário. Tem luz, vivacidade, vozes de crianças, música pelo ar e uma energia contagiante e a mudança surgiu através do projeto Locomotiva. Este projeto, promovido pela Porto-Lazer, pretende dinamizar a Estação de São Bento e o espaço à sua volta, entre Dezembro de 2014 e Junho de 2015.

      Tem uma área tipo esplanada, com um palco, onde um DJ vai pondo músicas descontraídas e apropriadas ao ambiente que lá se vive, um bar e uma zona onde as crianças podem experimentar fazer malabarismo e outras atividades circenses, enquanto os pais babados assistem. Além disto, nos armazéns que ligam a rua à Estação têm exposições e um bar de vinhos.

    No inicio do ano, a Locomotiva lançou a convocatória ESPIGAR, que propunha que os portuenses apresentassem propostas de programação cultural para uma semana da Rua da Madeira. Depois desta inciativa, vai surgir agora, entre os dias 22 e 26 de Abril o resultado dessas propostas, com o nome de "Memórias da Madeira". Como o próprio nome indica, a iniciativa focar-se-á nas memórias e nas histórias e lendas do Porto, sobretudo as da Rua da Madeira. Uma ideia extremamente interessante em que podem participar! Aqui fica o link com a programação: http://www.portolazer.pt/noticias-porto-lazer/locomotiva-apresenta-segunda-semana-de-animacao-cultural-na-rua-da-madeira

      Se não participarem, pelo menos visitem o espaço. É um local descontraído e acolhedor, que transborda cultura e ao qual ninguém fica indiferente. "Onde estavam carros passa a estar gente. E ideias. E objetos. E culturas. E encontros." 


]]>
<![CDATA[Riquitó Tours]]>Sat, 11 Apr 2015 20:26:28 GMThttp://chegarabomporto.weebly.com/recantos-do-porto/riquito-toursPicture
        Já alguém ouviu falar da Riquitó Tours? A Riquitó Tours oferece viagens de riquexó pela cidade do Porto, num ambiente mais íntimo, discreto e tranquilo. A melhor maneira de se conhecer uma cidade é sem pressas, dispondo do devido tempo para apreciar cada detalhe e deixar-se maravilhar pelos pequenos pormenores. É isso que a Riquitó proporciona, através dos seus riquexós a pedais, assistidos por um motor.

         Situa-se na rua da Madeira, há menos de dois meses e já tem tido sucesso, o que não é de admirar tendo em conta o seu conceito. São um transporte mais romântico e "fancy" (perdoem-me o estrangeirismo) a que nenhum casal fica indiferente. Além disso, são uma alternativa mais ecológica à azáfama da cidade.

          Neste momento, a Riquitó tem três tours e está a tentar implementar uma quarta. A primeira rota parte e termina no Largo de S. Francisco, passando pela margem do rio Douro e pela Ponte da Arrábida, e tem uma duração de cerca de 35 minutos. A segunda rota parte também do Largo de S. Francisco, pela margem direita, até ao Farol de S. Miguel e demora cerca de uma hora. Finalmente, a última rota parte novamente do Largo de S. Francisco, atravessa a Ponte D. Luís e segue pela margem esquerda do Douro até à Afurada, demorando também cerca de uma hora. As viagens são de 10 ou 20€, consoante a duração e, tendo em conta as distâncias percorridas e o tempo que demoram, o preço está ótimo!

        É uma maneira diferente de conhecer a cidade e uma atividade perfeita para experimentar naqueles Domingos preguiçosos, em que em vez de ficarmos sentados no sofá a ver televisão podemos aproveitar para apanhar sol e passear. Porque não este Domingo? Experimentem!


]]>